Os leitores avaliaram positivamente o nosso último artigo, isso significa que continuamos a coluna para os profissionais. Dedicamos à edição de hoje ao inglês jurídico. Nesta edição, reunimos livros didáticos, dicionários, revistas profissionais gratuitas e etc. Para elevar cada vez mais o seu inglês.

O inglês jurídico é necessário (e ponto final). Isso é inegável. Para trabalhar em empresas internacionais, e sim, em empresas russas (brasileiras, portuguesas), mas com um salário mais elevado. Para ler literaturas profissionais e regulamentações estrangeiras, elaboração de contratos com parceiros estrangeiros, para a prática de atividades científicas e muito mais.

Primeiro de tudo, o advogado precisa de um vocabulário técnico, no qual deve ser elevado nas quatro habilidades: leitura, audição, fala e escrita. Aqui nós encontramos para você as melhores fontes de terminologia jurídica.

Imediatamente advirto: o artigo é destinado para aqueles que já possuem um bom nível do inglês básico. Afinal, de qualquer maneira, primeiramente você deve dominar o General English (gramática, palavras e as 4 habilidades no nível adequado.

Conteúdo do artigo “Inglês jurídico”:

Buscamos o vocabulário técnico:

  1. Livros didáticos;
  2. Recursos online;
  3. Conjunto de palavras e dicionário online de inglês jurídico;
  4. Literatura profissional (revistas, sentenças estrangeiras, materiais em inglês).

Praticar habilidades:

  1. Escrita (dicas para a elaboração de documentos e etc.);
  2. Compreensão auditiva (uma lista de vídeo e podcasts);
  3. Fala (redes sociais profissionais para advogados).

Termos jurídicos em inglês: fontes de vocabulários

O vocabulário jurídico é muito extenso, pelo menos, devido ao grande número de áreas de atividades jurídicas (área civil e criminal, diferentes tipos de direitos e etc.). Assim, no dicionário, está focado principalmente o vocabulário jurídico básico, mas em livros didáticos e materiais em inglês, já é possível encontrar palavras mais especializadas. Porém, todos são bons.

1. Inglês jurídico: livros didáticos

Livros didáticos ajudam àqueles que decidiram dominar o inglês jurídico por conta própria, pois, proporcionam alguma referência, um programa de estudo.

English for Legal Professionals – curso intensivo da Oxford para aqueles que se comunicam em inglês com os clientes, parceiros de negócios e colegas de trabalho. Excelente para o estudo autodidático.

Professional English in Use: Law – curso de formação da Cambridge, abrangendo um amplo vocabulário jurídico. Os temas incluem o direito comercial e societário, direito de propriedade intelectual, entre outros.

Absolute Legal English Book (English for International Law) – um curso no qual é adequado para a preparação para o exame ILEC. É composto por nove unidades, que abordam as principais áreas do direito internacional.

Legal English: How to Understand and Master the Language of Law – outro curso completo, no qual abrange tudo o que é necessário: vocabulário, escrita jurídica e etc.

Test Your Professional English: Law – o livro contém mais de 60 testes e mais do que 500 palavras e expressões necessárias para o advogado.

Check Your English Vocabulary for Law – caderno de estudo, no qual está designado a melhorar o conhecimento e a compreensão dos termos jurídicos. Inclui palavras cruzadas, quebra-cabeças e etc.

2. Curso de inglês para advogados: recursos online

Na internet (especialmente no segmento do idioma inglês) é possível encontrar um grande número de sites com diferentes “atividades” para o desenvolvimento do inglês jurídico.

www.edx.org – aqui você encontra cursos online gratuitos para advogados. No site indicado, não é necessário pagar nenhuma taxa, mas você pode comprar um certificado (no caso de você não ter papel).

cdextras.cambridge.org – Um recurso impressionante da Cambridge, incluindo os pontos-chave de 15 áreas do direito comercial – terminologias, quiz, jogos e etc.

legal-esl – uma verdadeira coleção de links úteis para uma variedade de habilidades: vocabulário, escrita, audição e etc.

Você vai encontrar ainda mais utilidades, se você pesquisar isso em inglês, como legal english online resources.

3. Dicionário de termos jurídicos em inglês

Frases básicas de inglês para negócios e terminologia jurídica podem ser encontradas em composição de palavras e dicionários especiais. Na Lingualeo, por exemplo, há composições de palavras políticas, guia de conversação de Business correspondence for experts e um curso completo de inglês para negócios.

Com relação à terminologia específica:

Vou logo avisando, que todos os dicionários são monolíngües (ou seja, a explicação dos termos está em inglês e sem a tradução). Se surgirem dificuldades para a compreensão, utilize a nossa extensão para o navegador, que traduz qualquer palavra em dois cliques.

4. Literatura profissional: revistas, decisões de processos estrangeiros, e outros materiais em inglês

A melhor maneira de enriquecer vocabulários é estudar artigos jurídicos em inglês e a partir daí “tirar” novas palavras. Assim, a palavra vai ter um contexto de qualidade, e a memorização torna-se muito mais eficiente.

Materiais do Lingualeo: artigos jurídicos em inglês

Em nossa biblioteca de materiais, há muitos artigos de estudo, vídeos e etc. A conveniência é que você pode 1. clicar sobre uma palavra desconhecida ⇒ 2. ver a tradução ⇒ 3. adicionar uma palavra ao estudo ⇒ 4. aprender através de exercícios interativos. O contexto, a partir do qual você extraiu a palavra, vai permanecer com você + com ele você pode adicionar qualquer associação e imagem.


Imagem, voz, transcrição, contexto e a possibilidade de adicionar qualquer associação (no canto superior direito).

No Lingualeo há uma variedade de materiais para os advogados, por exemplo, há um vídeo aula sobre os procedimentos da Suprema corte dos EUA. Ou um artigo sobre advogados vigaristas. 🙂

Procurar materiais é muito simples: digite na barra de pesquisa qualquer termo jurídico em inglês (law, legal, court e muitos outros) e escolha os materiais, o nível de dificuldade e o formato (vídeo, áudio, livro). Instruções no link.

Revistas, decisões jurídicas: textos sobre o tema jurídico em inglês

O princípio de trabalhar com textos e materiais sobre recursos de terceiros, pode ser tão confortável, como numa biblioteca: 1. você instala nossa extensão gratuita ⇒ 2. introduz palavras desconhecidas ⇒ 3. e adiciona elas para um estudo aprofundado.

Outro lifehacks: adicione qualquer material interessante em nosso serviço, para estudar em seu tempo livre através do aplicativo (no trânsito, filas e etc.)

Então, onde encontrar os melhores textos jurídicos em inglês:

Outra dica: pesquise por decisões jurídicas internacionais (pedidos de decisões judiciais). Por exemplo, os próximos sites oferecem o acesso a decisões judiciais:

Praticar habilidades: escrita, compreensão auditiva, fala

Como você já sabe, a posse de uma língua estrangeira inclui 4 habilidades: leitura (você vai praticar isso, estudando os recursos anteriormente listados), compreensão auditiva, escrita e fala. Para as últimas três habilidades encontramos sites distintos.

1. Escrita

Referindo-se a elaboração de documentos jurídicos em inglês. Então, aqui estão seus assistentes:

  • www.translegal.com – dicas e modelos para a escrita de procurações oficiais, citações e etc.
  • www.onecle.com – um recurso para a elaboração de contratos jurídicos, correspondências, entre outros.
  • www.findlaw.com – coletânea de documentos jurídicos.

2. Compreensão auditiva

Vou compartilhar outro lifehacks: acesse o ted.com, digite no campo de pesquisa lawyer, e aqui está o vídeo para o estudo.

Mais um artigo de compreensão auditiva para advogados: Top 10 Legal Podcasts.

3. Discurso

Assim como para os profissionais da saúde, há redes sociais especializadas para os advogados, onde você pode praticar o seu discurso com colegas que falem inglês. Por exemplo, lawlink.com – uma comunidade internacional para advogados e estudantes das Universidades jurídicas, onde você pode fazer perguntas, compartilhar notícias, documentos, entre outros. Um advogado tendo feito lá um perfil, vai poder ver a área do direito, na qual exerce o especialista + encontrar links nos perfis em outras redes sociais (como o Facebook), o que permitirá “relacionar-se” com eles em recursos distintos.

Resultados e conclusões

  • Para o domínio de um inglês jurídico profissional é necessário o seu próprio vocabulário específico.
  • Pode pesquisá-lo em dicionários e materiais especiais no idioma inglês. A segunda opção, de preferência, pois permite estudar palavras sem se afastar do contexto.
  • Além disso, precisa desenvolver outras habilidades: escrita (correspondência comercial, elaboração de documentos e outros), compreensão auditiva e discurso (vídeos/podcasts e redes sociais profissionais vão ajudar).

Por hoje, nós terminamos. Em abril será lançado outro artigo sobre está coluna. O próximo tema, nós vamos escolher de acordo com os pedidos dos leitores, então escreva um artigo, no qual esteja relacionado com sua profissão. 🙂 Até a próxima!